Aguada de Nanquim: como usar?

2 Flares 2 Flares ×

Olá 🙂

Estava para fazer esse tutorial já que faz o uso da técnica do nanquim, da qual uso no meu processo criativo (não a aguada, mas o nanquim em si) e achei interessante mostrar um desdobramento para essa técnica por aqui. 🙂

  • OK, O que é Aguada de nanquim? Que materiais que uso para fazer essa técnica?

IMG_7127

Aguada de nanquim nada mais é a técnica de usar o nanquim dissolvido na água. 🙂 Digamos que seja uma “aquarela de nanquim” que não faz uso de cores, somente tons de preto/cinza. Por isso necessita ter paciência, se você gostar de aguar bastante, use uma folha de gramatura acima de 200g/m. O nanquim que uso é o da Talens.

IMG_7128

A aguada de nanquim é legal para brincar com luz e sombra, tanto para retratos, paisagens e croquis. Todos os desenhos presentes nessa postagem eu ressuscitei do curso de Desenho de Moda que fiz antes de entrar na faculdade. 🙂 Acima, esse croqui eu usei a aguade de nanquim na saia (os tons de cinza, percebem?) e o preto é o nanquim puro. O colorido no caso foi guache.

IMG_7129

O uso da técnica de nanquim pode também ser usado puro tanto com pincel (acima, fiz o contorno com pincel fino, precisa ter uma mão bem firme viu? hehehe coisa que não tinha nessa época..) e o colorido aqui foi com guache também.IMG_7130

Neste caso (tanto foto acima quanto a debaixo), usei a técnica do nanquim com bico de pena. Já falei sobre a pena (aqui ó) e um tutorial sobre como usar o bico de pena + nanquim (aqui ó). Ambos dá para brincar no contorno das ilustras. A pena mosquito (cabo vermelho) é legal para fazer detalhes mais precisos, como ali na bota.IMG_7131

Agora vamos aprender a fazer Aguada de Nanquim? 🙂

Você também vai precisar de um godê para poder separar as tonalidades certinhas. Em cada quadradinho eu coloquei água pura, EXCETO o de nº 1. Esse quadradinho tem nanquim puro.

IMG_7133

O que você vai fazer é o seguinte: pegue seu pincel, mergulhe ali no nanquim puro e em sequência você mergulhará o pincel nos outros quadradinhos – nº 2 ao 7 – por poucos segundos… IMG_7134

O que acontece.. Essa sequência: do nº 1 que contém o nanquim puro, o 2 tem o nanquim ‘quase puro’ e nessa sequência até o nº 7 o nanquim já está menos concentrado e quase transparente.

Eu posso fazer mais quadradinhos de água com essa sequência? Pode. Faça quantos você quiser. Isso vai depender de quantas camadas você quiser fazer para ter maior luz e sombra. 🙂 Cada quadradinho do godê é uma camada.IMG_7135

Peguei um desenho antigo da época do curso de moda (a moça é vesguinha poxa 🙁 ) hehe. Notem que ele tem um leve esfumaçado de sombra ali… Fiz uso de esfuminho e lápis 6b. Isso não interfere em nada. O máximo que acontece é você enxergar sobre as camadas da aguada.
IMG_7136

A ideia é você começar com a camada de cor mais clara. Lembram que o último quadradinho do godê era o que continha menos nanquim? Então, vamos começar por ele. Lembrando que é o uso da técnica de aquarela, por meio de camadas, ou seja, veladuras que vamos brincar com o jogo de luz e sombra.IMG_7137

Faça o uso dessa 1ª camada em locais que não tenha a luz direta. Que locais são homogêneos que você pode passar essa camada? Mesmo nos locais que tenha sombra, você vai passar. Esperar secar e etc. Dai você vai acrescentar as cores mais escuras (nº 6, 5, 4…) nos locais que tem pouca luz aos poucos e com cada camada seca. Não precisa, necessariamente usar o nanquim puro no final. O pretão vai chapar e ai depende do conceito da sua arte, certo? 🙂IMG_7138 IMG_7139

Percebam as manchas que já secaram da camada anterior, a diferença de tom de cinza do nanquim. Essas manchas mais escuras, eu fiz na camada ainda molhada do nanquim: ela vai expandir sim.IMG_7140

Você também pode começar de trás pra frente: do nanquim puro para trás… Mas só se você já sabe onde vai ser o pretão chapado e onde vai ser a área com transparência.. Se não quiser manchar com o pretão, espere SECAR BEM, porque se passar o pincel molhado ali no preto chapadão ainda molhado…. Senta e chora, porque vai manchar legal ein.. hahahaIMG_7143Observem o degradê na ordem dos quadradinhos do godê que fiz no papel para vocês verem a diferença! 🙂

PS: repararam que eu fui fazer a aguada sobre o contorno preto? É então, o contorno preto é do próprio nanquim da Talens que usei com bico de pena. Ele é o único nanquim que não mancha se você quiser aquarelar ou aguar algo por cima. Se for fazer isso com nanquim chinês, não rola miga e migo! hahaha… Já tentei e só deu merda. xD Eu não me recordo de dar certo com o nanquim da Trident… Na época que eu usava ele, não usava aquarela, não posso afirmar nada. Se alguém ai já tentou me avise aqui nos comentários, viu? 🙂 Eu falei sobre isso no post do Tutorial de Nanquim que mencionei lá em cima, mencionei também de canetas nanquim que não mancham! ♥

Espero que tenha clareado a ideia ai sobre como é usar aguada de nanquim. Qualquer dúvida, mandem ai! 😉

Ana Blue

7 Comment

  1. […] é capaz de alcançar.  Sobre as técnicas, eu mesma já andei falando delas por aqui, aqui e aqui. Há também alguns e-books que disponibilizo para download […]

  2. ahh, que legal! adorei o tutorial!! nunca pensei em usar nanquim assim. vivendo e aprendendo xD eu sempre uso a tinta preta aquarela mesmo…tu saberia dizer qual é a diferença entre usar um ou outro? ou não há diferença mesmo? sei que o nanquim fixa um pouco melhor no papel, né..mas será que é só isso? tu consegue um bom controle do nanquim aguado sobre o papel?
    bia reys postado recentemente…Minhas encomendas da MoonMy Profile

    1. Então, pelo o que eu tenho de aula de aquarela com a Sabrina, ela mencionou que em NENHUMA aquarela eles deveriam vender pastilha/bisnaga de tinta preta e branca.
      A cor preta a gente pode conseguir de misturar os tons mais escuros para criar efeito de sombra. E a tinta branca não precisa porque é só aguar o máximo que conseguir pra diluir a tinta. Então, digamos que “a enganação” do senhor varejo é dizer “vendemos 24 cores”, mas, pra quem não tem a técnica 100% da aquarela não sabe desse pequeno detalhe que faz toda a diferença, então, tecnicamente, a gente perde por 2 cores, sendo que poderia ter +2 tons diferentes…. Eu não sabia do preto, só sabia do branco.. Mas né, vivendo e aprendendo hahaha
      Então, sobre o nanquim, depende muito da marca também dos quais fixam mais. Eu tinha um nanquim chinês que não era em qualquer papel que ficava legal.. Papel com textura ele sangra (mancha) e se for aquarelar em cima ou por perto, vai manchar mais ainda.. :/
      Na época que eu brincava com nanquim aguado eu tinha um controle legal sim. O válido é usar papel de aquarela porque absorve melhor e a folha não enruga! 😉 Além de depender de marca e qualidade, a composição e ‘densidade’ (?) do nanquim e da aquarela são diferentes. Se olhar bem no papel dá pra sacar +/- hehehe
      Saudade escrever comentários longos hahahah 😉

      1. ahh que interessante, nunca tinha parado pra pensar nessas questões do preto e do branco…bom saber. 😉 de repente, sai mais em conta comprar as tintas separadas, então…vou dar uma pesquisada mais sobre isso. obrigada pela resposta! :]
        bia reys postado recentemente…Studio Ghibli e seus filmes mágicosMy Profile

        1. Magina 😉

  3. Nossa, não fazia ideia que dava para usar o nanquim assim também! Que legal!
    Kris Efe postado recentemente…Visite a minha lojinha na ToutsMy Profile

    1. Sim!
      Dá pra brincar de aquarelar com ele também. 🙂

Deixe uma resposta

CommentLuv badge