Cabelo Colorido: Tinta Fantasia Verde-Água Candy Color

0 Flares 0 Flares ×

Olá pessoal, tudo bem? 🙂

Depois de muito tempo sem pintar o cabelo com tintas fantasias, voltei para dar uma animada nessa minha vida monótona que ando tendo com essa crise maravilhosa do Brasil e até hoje não encontro um trabalho fixo na minha área de Design… Como desde meus 15 anos eu mesma pintava e cuidava do meu cabelo, voltei para a ondas dos fios coloridos e sem cabelereiros querendo fazer o que bem entender com a saúde dos meus fios. ♥.♥

Para o pessoal que me acompanha aqui no blog há um tempo, já viu quais marcas já andei usando e as cores que já tive também (além da minha carinha de novinha que não mudou muita coisa! hahaha)

A última vez que usei a tinta Candy Color, foi quando eu tinha o cabelo da nuca pintado com o Laranja, era o Chrome Orange da marca.

DSC00648

Eu tinha todo o cabelo da parte de cima da cabeça pintado com um ruivo acobreado da Perfect Color (7.4), se não me engano era da Wella (eu acho) e na nuca era a Candy Color.

Nessa época eu tinha uns 20 anos de idade, em meados de 2013… E quando eu pintei de laranja eu fui “premiada” porque a tinta que comprei ao invés de ficar laranja, ficou rosa na 1ª mão da pintura. Eu estranhei e entrei em contato com a marca que me enviou um outro tubo de Laranja. Mas né, eu tive que descolorir e esperar dar aquela desbotada no rosa meio laranja que o meu cabelo ficou. E que todo mundo sabe que a cor rosa é um pigmento que impregna no cabelo e leva um baita tempo pra sair de vez.

Até ai tudo bem. Eu já usava a marca há um bom tempo, usei umas 4 cores dela nesses tempos atrás e parei com o cabelo colorido porque eu não sentia mais o mesmo feeling de antes. Foi até bom ter dado essa pausa, porque agora eu ando com mais vontade de dar aquelas aprontadas que eu dava antigamente, só que dessa vez com cores frias (são cores do verde, azul e roxo: teoria das cores baby!), além de que anda me motivando e deixando mais alegre (eu andava meio desmotivada e deprimida pela rotina).

4

Depois de um bom tempo, voltei para as cores e tive a sorte de ter sido “premiada” de novo. O tom da cor que eu queria é um verde-azulado, o nome técnico na teoria das cores e o nome mais comum que ouvimos por ai é o “verde-água”. Já que desde sempre, a água era denominada como um tom de turquesa (em animações, Disney, artes e cia), é o famoso “azul claro da cor da piscina”, então você acrescenta um tom de verde, mistura e voilá: temos o “verde água”. Acho que é o jeito mais fácil de se explicar essa cor (já que se eu mostrasse direto uma amostra de cor: a calibração do seu computador para o meu pode ser diferente e você entenda a cor de um modo totalmente oposto do que eu expliquei, isso é muito comum acontecer no nosso meio “designerístico”).

O que aconteceu desta vez, é que o lote da Acqua que comprei veio numa cor mais ‘verde folha’, parecia muito o Lucky Green, do catálogo da marca. E a cor que deveria vir era o tom da Acqua, que já usei lá atrás, que é a composição “meio termo” que pende pro verde+azul turquesa.

Enfim. Esse lote me pareceu que saiu muito mais fácil do cabelo e não fixou tão bem. Por um lado foi “bom” porque ai o verde folha não grudava tanto no cabelo na hora de eu repassar a tinta no tom certo em cima (vai haver adição = teoria das cores!). A embalagem nova é branca com a tampa e os desenhos coloridos, certo? (Clica aqui). Então, a parte branca estava bem verde, acredito que pela concentração da cor dentro da embalagem mesmo.

Baseado nisso, como a base do meu cabelo já estava esverdeada, o ideal era jogar um azul turquesa em cima. E foi isso que fiz. A Candy Color entrou e contato comigo, por usá-la há tanto tempo e saber que gosto da marca, me enviaram um tubo de tinta azul turquesa e eu só passei no cabelo. E aí, finalmente eu acertei o tom que eu queria. ♥

PS: A base do meu cabelo, estava bem clara com os meus cuidados dentro de 2 semanas pós descolorido: cronograma capilar nele puro (para a cor fixar bem depois), hidratado/nutrido/reconstruído + e quando lavei durante as semanas com shampoo+VG para abrir e matizar mais o meu amarelado descolorido.

Para saber mais dos detalhes, só assistir o vídeo a seguir:

Aos curiosos, eu gosto de comprar a tinta da Candy Color na loja física da Endossa, na Augusta, em São Paulo! Assim eu não pago frete.

Antigamente, quando eu comecei a usá-la, eu comprava na Galeria do Rock na loja Ferro Velho. Atualmente, procurando no Google eu não achei mais o site deles e não sei se ainda estão revendendo.

Caso estejam buscando-a para compra online, tem esse site que revende aqui: Sweet Style Store!Logotipo Definido - Escolhido

 

3 Comment

  1. Eu tava querendo testar esta marca, mas a minha queridinha é a Crazy Colors da Alta Moda (demora horrooores pra sair do cabelo) e já faz uns meses que uso sempre no meu cabelo que é inteiro roxo 🙂
    Stephanie Ferreira postado recentemente…A Escola de Confeitaria Diego LozanoMy Profile

    1. Hmm, eu já ouvi falar sobre essa Marca há bastante tempo também! 🙂

Deixe uma resposta

CommentLuv badge