Sketchbooks, Processo Criativo e Identidade de Traço

0 Flares 0 Flares ×

Oi pessoas criativas! <3

Tenho uma super hiper uber 9dade a solta para vocês! Depois de milênios sem gravar vídeos e ter sumido pelo Youtubiu eu voltei. Estou planejando coisinhas novas para lá e para aqui também 😀

tumblr_inline_mgwmikDHLB1rviq8l

Andando lá pelo Selfless Portraits das mina e pelo Arte das Mina, eu via muita gente contando que queria uma “fórmula” para encontrar o seu traço no desenho. Eu sei como é essa busca intensa e constante e parece que nunca acaba. Passei por isso na faculdade e agora eu desencuquei.

Resumidamente, Essa busca pelo traço você só consegue um resultado depois de MUITO treino, dedicação e paciência. Não é algo que aparece de uma hora pra outra. É TEMPO mesmo.

Depois que você já conhece os tipos de materiais que você se dá melhor. Depois de “gravar na memória” o que você desenha há muito tempo e já tem uma afinidade. Depois de descobrir o que você quer passar por meio da sua arte e o que você gosta de desenhar. Isso inclui as suas referências pessoais e os ilustradores que você admira, claro, além da sua poética. Logo, é MUITA coisa junto e misturado.

capa

E com o tempo, depois que você entende o que você quer passar por meio da sua arte, você desencana sabe? Porque, o estilo que seu traço vai carregar pro futuro é uma consequência de tudo o que você absorveu nesse tempo todo de pesquisa, de tentar se expressar! 🙂

Bom bom, acho que já falei o esperado. Bora pro vídeo 🙂 Deixarei os links mais “informativos” (?) aqui embaixo e na descrição do vídeo, beleza? 🙂 Qualquer dúvida, chama aí! ♥

Infos:

  • Roube como um Artista – Austin Kleon
  • Sketchbooks – As Páginas desconhecidas do processo criativo – Cezar de Almeida e Roger Bassetto (eu comprei aqui)

Ana Lu 🙂

Deixe uma resposta

CommentLuv badge