Processo Criativo: Smoking Room

0 Flares 0 Flares ×

Olá! <3

O post de hoje é sobre a autora do Smoking Room, que vi pelo facebook e fiquei curiosa para saber os significados por trás dos contornos pretos e o cigarro que andava presente no nome/elementos das ilustrações…

♥ Apresento aqui a Smoking Room: Paloma. ♥

Paloma Smoking Room

Instagram | Facebook

5fc5e0c0-8754-4be2-8149-5607549efaa9

  • Você é criativa (peixes), mas se torna muito auto crítica (virgem) com tudo o que faz?

Sim, demais. Meu lado pisciano se sente muito leve quando consegue transmitir parte do que sente para o papel, mas o lado virginiano está sempre ali colocando defeitinhos até que eu me sinta um pouco mal em estar me expressando e me expondo (demais). É uma guerra constante em gostar do meu trabalho e considerá-lo um lixo minutos depois.

1d718e3d-5d93-4aec-916d-5c98cafbfea1

  • Você encontra equilíbrio por meio do preto/branco. Qual sua relação com ele?

Pra mim é como se as cores transmitissem muito sentimento as obras, e no caso, não me sinto muito confortável em me expor tanto assim (mesmo já o fazendo). É como se eu conseguisse me expressar ocultando mesmo que minimamente, um pouco desse sentimentalismo.

18505b0b-25c5-4a52-84e9-909b41caa157

  • Porque o uso contínuo da caneta nanquim em seus trabalhos? É pela sua praticidade?

Sim, com certeza. Adoro a forma como você pode usá-la para conseguir um traço mais firme, tanto quanto para um traço mais solto e leve. O que tem muito a ver comigo, no caso, haha.

8e2cac8b-6cc8-4b45-bde4-5e92ef912dd5

  • Qual sua ligação com retratos?

Inicialmente foi só uma forma que encontrei de treinar meu traço e aquarela, mas começou a fluir um tipo de ligação entre meu eu interior e o exterior de terceiros. Acho uma bela forma de se expressar sem dar a cara a tapa. Não sei se conseguiria me autorretratar com tamanho sentimentalismo (no caso das aquarelas, que são mais “realistas”).

b6cb91c4-eb19-44bc-8f41-bff995592f99

  • Boa parte de suas ilustras possuem a cabeça mais salientada do que o corpo. Há alguma referência que te inspire à desenhar assim?

A imagem que eu tenho quando retrato a cabeça maior que o corpo é de que a mente controla tudo. O corpo nada mais é do que um escravo do nosso cérebro. Tudo se passa ali, mas quem se rende a todas as emoções é nosso corpo, é como se a cabeça pesasse, mas o corpo sucumbisse ao fracasso/dor/sofrimento. Por isso a imagem de um corpo mais frágil.

67486ad7-51b7-4c65-966d-6d454c97be73

  • O uso das cores quentes para a aquarela representam o seu lado emocional? O que representam dentro de sua poética?

Talvez. Como eu disse, é muito complicado para mim me expressar com minha própria voz. Neste caso, acabo tendo umas fugas dentro do meu estilo de desenho que me permitem, ainda assim, expressar esse lado mais emocional. As cores quentes acabam direcionando o apreciador para um sentimento mais profundo, que talvez não fosse tão bem captado com as cores frias.

4ddc541c-9a70-460f-a0be-2b044721f88f

  • Muitas de suas mulheres desenhadas estão com aparência de dor em excesso, que chorou demais (olhos inchados), melancólicas ou com olheiras e cansaço. O que tem por detrás disso fudo? 

Considero um autorretrato com diversas faces. Tudo que é retratado, nada mais é que uma válvula de escape do mundo real. Uma pessoa que quer gritar mas não tem voz. Em um pedaço de papel eu posso simplesmente escrever e desenhar tudo que está reprimido ali dentro por um longo prazo antes que eu simplesmente exploda.

01336db3-137d-4b4b-b9d1-e9e187db33e4

  • O uso do cigarro, muitas vezes, “acalma” a ansiedade e outros medos/dores/depressão… O nome Smoking Room tem a ver? A ideia do cigarro aparece em alguns trabalhos. Qual o conceito disso tudo?

Com certeza. Na verdade foi uma coisa que aconteceu bem rápido e que depois fez todo o sentido. A realidade é que eu neguei este nominho por um tempo por ser muito explícito e talvez passar um conceito errado, mas no final eu apenas aceitei que era esse mesmo. Smoking Room na verdade tem tudo a ver comigo, faz parte do meu processo criativo. Eu no meu quarto e alguns cigarros.

0ca1566f-bfc3-41f4-bc7d-553805e41abc

  • Quais suas técnicas favoritas?

Curto muito aquarela e o nanquim. Mas me sinto muito mais segura com o grafite, apesar de não postar tantos trabalhos desta forma. Quero explorar um pouco mais outras técnicas, porém acabo não me arriscando muito (infelizmente), mas estou trabalhando nisso.

7f92010b-d447-465f-97f7-514288cc80eb

  • O que a colagem trás à você?

É uma forma de unir o que já existe para algo mais próximo da sua visão, algo bem personalizado. O que eu acho bem bacana e talvez mais difícil do que simplesmente criar algo do zero, ou colocar no papel algo que está somente dentro da sua cabeça (o que no caso, você pode faze-lo de diversas formas). Já na colagem, você tem que buscar o existente para transformá-lo em algo que ainda não existe mas que ainda assim transmita seus conceitos/sentimentos e afins. É uma técnica que eu gosto muito também e tenho vontade de me aprofundar mais e dar um pouco mais de espaço na minha criação.

Eeee <3

Espero que tenham gostado da entrevista de hoje!

Já estou atrás da próxima artista do mês que vem! ♥

Logotipo Definido - Escolhido

2 Comment

  1. Que maravilha hein !
    Tão bom conhecer artistas novos, já estou seguindo nas redes sociais, adorei o trabalho dela, também amo nanquim e aquarela. ♥
    Adorei o traço dela, são incríveis!!! Traz mais entrevistas Ana!!!
    izabella postado recentemente…Retrato de um menino artistaMy Profile

    1. É, eu farei sim! <3
      Já estou ansiosa com as próximas que já tenho em mente.

Deixe uma resposta

CommentLuv badge