Processo Criativo: Nayara Oliveira

0 Flares 0 Flares ×

Olááá people!

Desde que postei o 1º post sobre o papo de Processo Criativo (da Lush aqui ó), em que vou caçar artistas e futricar sobre a sua arte dentro do processo criativo bem pessoal hihi ♥, já estava de olho e cançando bem quietinha quem seria a/o próxima/o vítima! hehe Eu já tinha 2 em mente, só tinha que escolher. A artista da vez, se eu não me engano, a vi por um grupo do Facebook e eu xonei nas cores vibrantes da aquarela que ela costuma usar e na marca registrada dela: os Splash de Aquarela 🙂 São poucas as pessoas que usam esse elemento dentro de alguma arte para finalizar. Essa técnica parece que é simples, mas vocês não sabem de nada inócente! ~ hehe, é complexa, porque tem uma técnica certa e um peso na mão que você tem que encontrar, além do movimento e posição do pincel! Eu digo isso, porque eu aprendi, pra variar, na base do sem querer com a curiosidade… Postei recentemente dicas para conseguir criar esses Splashes, aqui ó. 🙂 Vem ver como a artista da vez aprendeu… ♥

♥ Apresento aqui a Nayara Oliveira ♥

Capturara

Instagram |

2015-03-02 09.32.43 1

  • Você conheceu a aquarela como? Porque ela te atraiu tanto?

Conheci aquarela através das obras do Conrad Roset a mais ou menos 2 anos atrás. Me apaixonei pela leveza da pintura, a transparência e sutilidade que as obras dele transluziam. Além disso, o que me atraiu foi a facilidade de se trabalhar com esse material usando apenas água para dissolver a pigmentação.

2015-05-26 09.03.27 1

  • Suas artes usam bastante da aquarela com as cores bem contrastantes e de forma bem definida (original/com personalidade). Isso tem a ver com o seu emocional, algo de sua personalidade?

Sim, eu tenho uma personalidade bem forte e intensa, com traços determinados. E isso de alguma forma sempre se reflete nos meus trabalhos. Cada sentimento vivido por mim é vivido da maneira mais intensa possível, sem medos e sempre arriscando mais e mais.

2015-04-21 08.11.10 11

  • Estava fuçando no seu instagram 😀 e contém muitas artes realistas. Já que mencionou que gosta de ‘quebra-cabeças’, o nível de dificuldade desse tipo de arte, faz com que você crie uma meta a ser alcançada para criá-la?

Sim, a arte realista não é minha predileta, mas me fascina muito por exigir paciência e dedicação de quem a pratica. Eu gosto e sou viciada em desafios, o realismo me proporciona esse desafio a mim mesma, buscando melhorar o traço a cada dia. Mas o fazer desenhos realistas também serve como terapia para mim, de alguma forma me relaxa, pois para fazer um bom desenho realista exige calma e concentração.

2015-04-09 09.55.59 1

  • O que mais você gosta da característica da aquarela? O que ela significa pra você?

Eu gosto da leveza, liberdade e transparência que a aquarela proporciona. Isso é fascinante pra mim porque eu não preciso me prender a padrões de arte. Eu sou completamente apaixonada por aquarela, ela significa toda minha evolução nos desenhos, e no meu traço, me fez crescer como artista e como pessoa.

2015-05-06 10.31.04 1

  • E sobre os respingos/splash e gotas, são sua marca registrada. Dentro de sua personalidade: quanto mais splash concentrados são mais significados para a liberdade ou em menor quantidade só que mais espirrado? Como você define isso?

Os respingos criam uma sensação de extrema liberdade para mim,o fato de respingar a aquarela sobre papel me traz a sensação de arriscar porque eu nunca sei como os respingos vão ficar. assim como as gotas também, mas, ao mesmo tempo definem também meu humor naquele dia, respingos mais fortes e mais concentrados significa um estado mais feliz e eufórico meu. Respingos menos espirrados com mais gotas significa um estado mais calmo e tranquilo.

2015-04-23 12.46.41 1

  • Que tipos de elementos te traz mais tranquilidade para pintar? Elementos de natureza ou personagens?

Eu me sinto mais a vontade com elementos de natureza ou elementos arquitetônicos. Mas sou flexível, e gosto de experimentar de tudo, por isso não deixo de uma vez ou outra desenhar algum personagem do meu gosto.

  • O uso do grafite te traz maior liberdade para soltar o traço ou isso já é costume em qualquer hora para desenhar? Isso influencia no seu processo criativo (no lado conceitual)?

O uso do grafite me faz ter menos medo de errar, porque mesmo se eu errar eu posso apagar e fazer de novo. Todos meus trabalhos eu faço o traço com grafite primeiro, e logo depois passo o nanquim por cima, e em seguida tiro o rastro de grafite com a borracha. Mas isso não influencia no meu processo criativo, nos sketchbooks eu não costumo usar grafite, eu sempre faço os traços diretos com nanquim.

2015-02-21 10.08.21 1

  • Sobre seus respingos, você aprendeu a fazer intuitivamente? Como foi o processo?

A Arte dos respingos eu conheci por acidente e depois eu aprimorei vendo alguns tutoriais no youtube, certa vez eu estava fazendo um trabalho simples com aquarela e o pincel com tinta caiu sobre o papel, formando um respingo… e aquilo realmente me fascinou ! A forma incerta como os respingos se formam criando formas aleatórias, é muito lindo pra mim, me traz aquela velha sensação de liberdade!

2015-04-26 08.48.40 1

  • Como você enxerga, teoricamente, as cores quentes e as cores frias?

A maioria das pessoas é mais atraída pelas cores quentes. Na teoria as cores quentes chamam mais a atenção. Mas no meu caso é o contrario… haha, acho que vim com defeito de fabricação…  hahaha As cores frias, como os tons de azul, roxo e outros me atraem mais. Não é atoa que a maioria das minhas pinturas foram feitas com tons frios. Mas um leve toque de uma cor quente faz sempre a diferença!

2015-04-18 09.36.32 1

  • Sketchbooks para você: ajuda muito? prefere em formato de livro/com argola/folhas soltas? porque?

Com certeza, eu tenho um estojo portátil de aquarela, então juntando com um sketchbook fica tudo lindo! É muito bom pra pintar quando eu saio pra algum parque ou cafeteria. Eu prefiro os com argola porque eles abrem 180º *-*

  • Quais são suas referências? O que mais te inspira nelas?

A minha principal referência são os artistas que usam aquarela, entre eles o Conrad Roset (eu tambéééém ♥), e atualmente tenho me inspirado muito nas obras da Lora Zombie (eu tambéééém ♥), ela tem um traço meio “louco” fora de padrão que me fascina muito! Com cores bem fortes e muitos respingos!

2015-03-29 10.02.38 1

  • Quando você tem bloqueio criativo, o que você faz?

Eu costumo me inspirar vendo perfis de fotografia no instagram <3 e costumo sair para cafeterias para tomar um belo café e relaxar.

Atualizado! Para poder comprar os jobs dela, vem aqui na Collab 55 ó! =)

_♥_

Quem será a/o próxima/o artista que escolherei ein? Aguardem para os próximos capítulos! ;)

Ana Blue

1 Comment

  1. […] à minha dramaticidade dentro da arte ~ e conheço outra amiga que ia pirar com isso, né dona Nayara.. […]

Deixe uma resposta

CommentLuv badge