Elena

4 Flares 4 Flares ×

Há um tempo, acho que desde que faziam propaganda e o trailer era passado por aí, sempre quis ver esse filme.

Water-Scene-2

Mas tinha algo, além de saber que era um documentário (e não boto muita fé em documentários), que me fazia não querer ver aquele filme naquela hora… Mas em outro momento eu queria.

A capa do filme sempre me chamou muito a atenção…

elena

 

Fotografias subaquáticas SEMPRE me chamavam à atenção.

Leveza. Delicadeza. Arrepio. Sensação. Saudade.

Sempre acreditei que, ao ler um livro ou assistir à um filme, ele não apareceu na sua vida porque você quis… O destino que te trouxe. Ele tem a hora certa para acontecer…

safe_image

O filme em si, é dolorido. Como a vida. Mas isso depende da forma como se vê…

tumblr_mm1l0qdCCC1qlh6kmo1_1280

O modo em que ele foi montado, tem um aspecto voltado para a arte, para a reflexão. Para quando você se fecha em seu interior e esquece do mundo…

O que ajuda a querer se fechar e SENTIR é a trilha sonora. Clique aqui e escute.

postpsi3

O filme pode ser cansativo? Pode. Pra quem não está a fim de pensar.

Pra mim, pelo menos, o filme fluiu levemente. E não achei cansativo.

Elena2

 

Como foi citado em uma crítica do site Guia do Cinéfilo:

Com muitas cenas em Nova Iorque, a concha de recordação vai modelando o roteiro que varia entre depoimentos de Petra e o de sua mãe. Revivendo angústias, o medo da solidão, dificuldades de adaptação em um lar estrangeiro e memórias incompletas, somos transportados a todo o sofrimento daquela família, principalmente ao de Petra que possui um desejo escondido de um reencontro impossível.

Elena conheceu Coppola, dançou em muitos ritmos, se jogou na difícil carreira de atriz. Porém, como em toda vida, nem tudo era perfeito. Quando a solidão se une à desilusão percebemos a desistência de um coração triste. Elena vivia em conflito, completamente sem direção. As dificuldades da profissão foram aos poucos derrotando a jovem artista nos levando a um desfecho trágico que mais parece um desabafo profundo, uma necessidade constante de respirar.

Um documentário muito parecido com os filmes metafóricos de Mallick. Aperta o coração em alguns momentos e tenta comuflar a dor de forma bela. Busca que o público também encontre algum alívio para o que vê nas pequenas brechas da poesia. Reune o passado e o presente de forma inteligente mas longe de ser linear. 

A trilha sonora é empolgante, joga o publico para dentro de todo aquele drama. Profundo e inesquecível, um documentário que beira ao espetacular. Você precisa conferir essa experiência.

petra_cena_cereja

A vida de artista nem sempre é fácil…

Sempre tem os altos e baixos.

E ainda junto com tudo isso, tem que aprender a lidar e enfrentar quando tudo parece que está de cabeça pra baixo no avesso…

~

Uma maneira de lidar com a vida.

Uma maneira de lidar com a saudade e a dor.

Uma maneira de lidar com angústias e como expressá-las. Aqui a Petra Costa fala um pouco.

Elena-o-Filme

Assistam: aqui dá para assistir online.

 

Ana

6 Comment

  1. nossa, ele parece ser bem diferente, vou ver se assisto no final de semana 😀
    http://www.mariar.com.br

    1. bom filme. tenha em mãos lencinhos <3 hihi

  2. Me interessei bastante por o filme e adorei a maneira como você transmitiu ele… Não gosto muito de documentários, mas apos assistir o trailer ele não me pareceu ser chato… Vou assistir e depois eu volto aqui pra falar o que achei 🙂

    Beijo :3
    http://asalvarmomentos.blogspot.com/

    1. Também não sou muito fã de documentários, mas esse pelo trailer, realmente pareceu algo mais leve :3

  3. Boa tarde, nossa vamos lá…A mais ou menos 3 dias eu venho frequentando seu blog e me diverti e interessei muito por seu mundo. A forma como aborda as coisas os videos, e tudo mais me animou muito a continuar com o blog. Sua idéia é genial, e a simplicidade como faz tudo me inspirou. Tava pensando no que comentar, mas seria injusto se não elogiasse primeiro. Bom.. acredito que temos “blogs” diferentes, não sei se o meu no caso seria do seu interesse. Mass, virei aqui sempre que possível. Tá lindo!

    1. Awn <3 Que elogio MAIS fofo *-*
      Nossa, fiquei mexida :3
      Que legal, quando a gente vai montando as coisas com o tempo, a gente pensa em um objetivo só que como nós mesmo que fazemos, não dá pra saber se o resultado era o que eu esperava porque não estou vendo no ponto de vista de outra pessoa. E pelo que você disse, deu certo 😀
      Passa seu blog, deixa eu fuçar! 🙂
      Você diz em fazer parte do Blogs Amigos, que fica na lateral?
      Se gostar e combinar as 'ideias', quem sabe? 🙂
      Ana Lú

Deixe uma resposta

CommentLuv badge