A Rainha da Moda

7 Flares 7 Flares ×

Olá olá 🙂

Depois de apresentação de TGI, estresse, preocupações e com estômago/esôfago há uma semana (ou mais) queimando de tanta ansiedade (pior que ainda está T.T) aqui finalmente estou eu 🙂

Antes de iniciar a semana de ansiedade extrema, consegui terminar meu livro da faculdade <3 Se eu não me engano, eu já havia pego em setembro e li até a página 50 e tive que devolver porque por mais que renovasse toda hora que precisasse, eu não estava tendo tempo para lê-lo. T.T #chatiada Fiquei um bom tempo longe do meu amado 🙁 e depois que as coisas se assentaram, eu consegui pegar no tranco e ler.

Não sabem de que livro estou falando? 🙂

2014-02-12 12.32.18

 

Super amei de ler. No início é meio paradinho, dá um pouco de sono e tal, às vezes você se perde.. Mas se não tiver persistência, perderá uma ótima estória, com incríveis descrições DETALHADAS das vestimentas da época do Rococó (revivi o semestre em que tive aula de história da moda *-* me senti dentro da época pessoalmente) e uma ótima noção sobre tudo o que aconteceu na época da Revolução Francesa e entender o que não se passa no filme da Sofia Coppola o por quê bem explicadinho do final da Maria Antonieta e como tudo aconteceu… <3

2014-02-12 12.32.18

 

O livro fala sobre:

Maria Antonieta revolucionou a moda de seu tempo. Mais do que isso, revolucionou seu tempo através da moda. Do traje de montaria masculino aos excêntricos penteados, dos vestidos cravejados de brilhantes ao modesto estilo pastoril, suas roupas revolucionaram o rigoroso cerimonial da corte e ajudaram a desfazer a aura de sacralidade que envolvia a monarquia, acirrando os ânimos da Revolução. Nesta obra reveladora e original, repleta de belas ilustrações, a autora adota um olhar diferente de qualquer outra biografia já publicada sobre a polêmica rainha francesa. E mostra como a moda foi ao mesmo tempo o meio de afirmação de Maria Antonieta e o caminho para seu trágico fim.

Depois da página 50, no meu caso, quando engatei a leitura não conseguia mais desgrudar do livro. Fiquei 2 semanas o lendo sem parar! Por mais incrível que pareça o vício por esta leitura, lutei contra o sono de manhã no metrô para ir o lendo até a estação Paraíso que desço para ir para a faculdade… =O

O legal do livro é que no meio de algumas folhas há retratos da Maria Antonieta e pranchas de referências!

2014-02-12 12.32.18

 

A Maria Antonieta influenciou muito a moda, inventando as ‘tendências’ que todos tentavam copiar para se ‘sentirem’ como ela. Isso é comportamento de moda. Ela também, enquanto era nova queria fugir das regras que tinha como rainha, como por exemplo, fazer uso do espartilho que na época era visto como algo vulgar quem não o usasse (o que já na época de 1880/Império – na época da ‘Jane Austen’ as roupas já não necessitavam e pareciam mais ‘camisolas’: clique aqui para entender mais); o uso de roupas de montaria, os poufs, os chapéus de plumas e os famosos penteados altíssimos.. Ah, claro.. Mais pra frente fez o uso da Musselina (tecido bem fininho e levinho quase transparente) para os vestidos bucólicos (até de certo ponto parecido com o da época da Jane Austen: isso porque esse época veio DEPOIS do rococó/Maria Antonieta!) E sempre com uma roupa diferente. Rose Bertin era sua estilista particular! 😀

2014-03-31 10.04.29

 

Que seu marido era totalmente um bundão (hehe) e mais pra frente do livro a própria rainha que dava conselhos sobre política para ele.. Já não existia HOMEM naquela época ein? HAHAHAH (homem em letra maíuscula e Homem mesmo… tsc tsc)

IMG_2485

 

Ela já não era muito bem vista pelos franceses por ser de origem austríaca… E para piorar mais, dona Maria Antonieta se empanturrava promovendo festas caríssimas, dinheiro e mais dinheiro jogado no lixo enquanto a população francesa ficava mais pobre do que estava e outra: O ego grande de a cada época/mês/semana/evento PRECISAR de um vestido novo para representar o que sentia, o que estava passando no momento, protestar.. Ou seja, tudo o que fazemos agora: todos se expressam em suas vestimentas. O que mais fazemos, é sair na rua querendo exibir a roupa nova, a roupa da tendência, como você se sente no dia X.. Ou seja 2? A rua é uma passarela da vida real. ~E na época, já que as mulheres tinham que obedecer aos homens e tinham pouca voz ativa, essa era a atividade delas, claro, além de cuidar dos filhos..~

2014-02-12 12.32.18

 

Por conta desse amor em afirmar quem ela era expressando pela vestimenta, dona Maria Antonieta fez a festa comprando tecidos de outros países: o que os franceses odiaram saber por conta da economia do país não estar lá tão bem assim. A partir daí e com outras coisas à mais, o povo percebe que ela não fazia o papel de rainha… Isso e mais outros itens foram se acumulando para que todos começassem a odiá-la mais e mais a ponto de ser morta guilhotinada..

2014-03-31 10.04.29

 

Outro detalhe: Georgiana, um filme em que Keira Knightley fez… Quando assisti fiquei tentando identificar a época (mal de estudante de moda euheuhe <3) e acabou que acertei. Georgiana estava na época do rococó também. Só era menos cheio dos ‘fru frus’ porque a história se passava na Inglaterra. E Maria Antonieta na França. Por isso a diferença. Os franceses sempre frescos.. E os ingleses sempre mais discretos. Esse é o ponto.

“Mas Ana, porque você está falando dela?” Georgiana era AMIGA da Maria Antonieta 🙂 No livro cita sobre elas.. 🙂

IMG_2485

 

Depois de tudo isso, vou ir mais atrás de livros desse gênero.. <3 Inspira e é uma delícia aprender e reafirmar o que já aprendi!

O filme da Sofia Coppola em que a Kristen Dust fez não é TÃO completo. O ideal é ver o filme dela, o filme antigo e ler o livro!

Bom, essa é a minha recomendação, depois de tanto tempo sem postar uma por aqui 😀 Costumo ser bem seletiva com livros, não são todos que me agradam! 😀

E espero que tenha atiçado a curiosidade de vocês 🙂 É uma delícia de ler ~ ainda mais quando você estuda isso <3 ~, acho que vão gostar!

Beijos ~é raro eu mandar por aqui né? uheueh faz tempo… Maria Antonieta inspira… 🙂

tumblr_mut7k6tvUs1qzerjgo1_500

 

Ana Lu

Deixe uma resposta

CommentLuv badge